a21c67eb-8796-4041-82d2-8e4a3f06d921_rw_

sobrenós

O BDNT - Bunda Dura Não Treme é um projeto de Psicologia e Dança criado por Jade Quoi em 2015, e hoje está localizado em Pipa - RN.
 

O BDNT proporciona aulas de dança animadas para rebolar muito, com estilos musicais que variam entre pop, funk, reggaeton, r&b, com o objetivo de criar um momento único para a aluna se conectar tanto com o corpo quanto com o emocional, trabalhando acolhimento, expressão corporal, autoestima e amor próprio.

HISTÓRIA

O BDNT surgiu em março de 2015, na cidade de Curitiba - PR, como aulas de dança para mulheres se divertirem, sem a premissa de competição e julgamentos, ou busca por perfeição. Mas o que não se esperava dessa ideia, é que fosse mexer tanto com o emocional das alunas, por isso, Jade uniu dentro do espaço de aula de dança seus estudos dentro da área da Psicologia, e disso surgiu o BDNT.
 

Em 2016, o BDNT ganhou um documentário sobre o projeto produzido e dirigido por Camila Cornelsen e Thales Banzai, e em 2017 foi selecionado para o festival Dances with Films em Los Angeles, nos Estados Unidos.
 

O projeto passou por três casas em Curitiba - PR, até se estabelecer por 2 anos no seu próprio espaço, onde as aulas eram dadas para 250 mulheres por mês, em 5 turmas em horários diferentes. Após esses dois anos e mais de 3 mil mulheres passarem pelo BDNT, em 2020, Jade se mudou para São Paulo - SP levando junto com ela o Bunda Dura Não Treme.

Por conta da pandemia em 2020, o BDNT se tornou um projeto online mensal e totalmente gravado, mantendo toda a essência e etapas das aulas para as alunas aproveitarem no conforto de suas casas, da maneira que se sentirem mais à vontade.

 

Desde Julho de 2022, Jade se encontra em Pipa - RN e as aulas se mantem online sempre com conteúdos novos a cada mês.
dAgAD

94521c8b-8695-4aa8-bb62-9e600d444f6f_rw_
ced5e347-e635-4d1b-9eec-fd4020f31a5c.jpg

JADE QUOI

Jade Quoi, 29 anos, é apaixonada por dança desde pequena, dançou ballet, expressão corporal, danças urbanas, e iniciou um curso de formação em Barcelona quando tinha 18 anos. Por se frustrar com a competitividade dentro do universo da dança e dos boicotes sofridos por colegas, voltou para o Brasil e começou a trabalhar com dança.

Após um ano, entendeu que dançar era finalmente seu trabalho (dos sonhos) e pensou em iniciar sua própria aula de dança, mesmo sem formação, mas com toda a bagagem de vida de todos esses anos dançando.

 

Jade começou a estudar Psicologia com 20 anos. Nesses estudos, e com auxílio de análise, conheceu mais sobre si e sua história, entendendo a importância do autoconhecimento e desenvolvimento emocional para uma vida saudável, e por isso, foi moldando o BDNT de uma forma que a Psicologia fosse essencial para o projeto e para as mulheres que usufruem dele.